sábado, 5 de maio de 2012

Tecnologia para a produção de mudas de framboesa negra e Boysenberry

O cultivo de framboesa negra (Rubus niveus) e Boysenberry ainda é recente na serra da Mantiqueira e há poucos produtores com algumas plantas em suas propriedades. No caso da framboesa negra, há dois cultivos comerciais, em Campos do Jordão-SP e Cambuí-MG.
Essas duas frutíferas já demosntraram que possuem boa produção de frutos em nossas condições, mas até então não sabíamos como propagá-las.
Sendo assim, realizamos uma série de trabalhos com estacas caulinares, estacas radiculares e até mesmo com mergulhia e alporquia.

No link abaixo se tem acesso ao trabalho relativo a framboesa negra:
e abaixo do Boysenberry

O que concluimos:
1) Framboesa negra - as estacas caulinares apresentam resultados superiores em comparação com as estacas radiculares, não necessitando armazenar a frio e não tratar com AIB; a mergulhia de ponta promoveu maior emissão de raízes em comparação com a alporquia

2) Boysenberry - estacas caulinares devem ser armazenadas a frio-úmido por 20 dias e não serem tratadas com AIB; a mergulhia de ponta promoveu maior emissão de raízes quando tratadas com 4000mg L-1

Mãos a obra, façam suas próprias mudas!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário