terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Cambuci: fruta de alto potencial para a produção de sucos e geleias




A espécie Campomanesia phaea (Berg) Landr. é popularmente conhecida como cambuci ou cambucizeiro. A composição química dos frutos do cambucizeiro é semelhante à das outras espécies da família Myrtaceae, popularmente conhecidas e utilizadas como alimento. O cambucizeiro possui ocorrência natural nos Estados de São Paulo e Minas Gerais, na vertente da Serra do Mar que dá para o planalto paulista e no início do planalto em direção ao interior, área denominada Floresta Costal Atlântica, um dos tipos de vegetação em risco de extinção. O cambuci apresenta limitações ao consumo ao natural devido ao baixo teor de carboidratos e elevada acidez. Apesar de não mostrar uniformidade no seu formato, apresenta potencial para a industrialização devido aos seus atributos de qualidade, como alto rendimento em polpa, elevada acidez e razoáveis concentrações de ácido ascórbico. Existe uma grande variação nas dimensões dos frutos do cambucizeiro, isso em função da sua ocorrência se estender desde regiões de serra até áreas próximas ao nível do mar, o que pode causar não só uma variação morfológica, mas também uma variação na constituição química desses frutos. 
Um trabalho desenvolvido para Universidade Federal de Lavras (UFLA) teve como objetivo realizar a caracterização morfológica e química de frutos de cambucizeiro. Cinquenta e oito acessos, oriundos de diferentes locais da Mata Atlântica e Serra do Mar paulista, foram coletados, propagados por sementes e um exemplar de cada acesso encontra-se no Núcleo de Produção de Mudas de São Bento do Sapucaí (SP). Quarenta frutos de cada acesso foram coletados no mês de maio e submetidos às seguintes análises: diâmetro longitudinal e transversal, massa fresca total dos frutos, número e massa das sementes, sólidos solúveis totais, % ácido cítrico, ratio, firmeza, vitamina C e coloração. A conformidade dos frutos varia intensamente entre os acessos. O número de sementes não é um bom indicativo para a relação com a massa do fruto, mas sim a massa de mil sementes. Alguns acessos possuem elevado teor de sólidos solúveis, mas, por outro lado, a grande maioria possui frutos com elevada acidez. Cambuci é uma excelente fonte de vitamina C. Os frutos dos acessos são de coloração verde, persistindo uma tonalidade opaca quando maduros.
Mais informações:

http://dx.doi.org/10.1590/1678-4499.096

Nenhum comentário:

Postar um comentário